quinta-feira, 29 de março de 2012


CAUSAS DA DIFICULDADE DE EREÇÃO
erecao
Visão do Grupo de Andrologia e Sexualidade
Primária:
Mal-formações orgânicas, principalmente nos vasos sanguíneos responsáveis pelo balanço de fluxo no pênis. O paciente nasceu com esta mal-formação anatômica que dificulta o represamento do sangue dentro do pênis. O sangue que entra não consegue permanecer dentro do órgão, para promover a ereção.
A característica clínica é que o paciente relata que nunca teve uma ereção completamente firme. Desde o início da percepção sobre sua sexualidade e começo das atividades sexuais nunca teve completa satisfação.
Secundária:
São três causas secundárias principais: orgâncias, psicológicas e mistas.
As causas orgânicas sao derivadas de fatores vasculares, neurologicos, medicamentosos, iatrogênicas, cirúrgicas, terapêuticas, traumáticas, entre outras. É a causa mais comum nos pacientes acima de 45 anos.
Arteriais:por diminuição da entrada do fluxo de sangue no pênis (ex: placas de colesterol)
Venosas: por aumento da drenagem venosa do pênis ( ex: disfunção venoclusiva ou fuga venosa)
Neurológicos: Doenças que lesam o Sistema Nervoso como os nervos penianos e os tratos medulares (ex: AVC, diabetes, Alzheimer, Esclerose Multipla).
Cirurgicas: Prostatectomia, cirurgias de intestino e abdomen.
Terapeuticas: Radioterapia.
Traumaticas: Acidentes com lesão medular ou peniana.
Medicamentosas: Remedios para pressão, diabetes, gastrite, calmantes.
A clínica destes pacientes com disfunção orgânica é que o quadro vem se arrastando há anos (exceto eventos abruptos como AVC), com períodos de melhora e piora, mas no geral está piorando. Inclusive com perda das ereções espontâneas, aquelas que temos de manhã ou de noite, sem estímulo sexual.
Psicológicas: Ansiedade de desempenho, nervosismo, má referencia em relação à atividade sexual e à anatomia masculina (comparação irreal com filmes eróticos ou com antigos relacionamentos da atual parceira), estresse laboral, alteração do ciclo circadiano (trabalho noturno), entre outros como a descarga adrenérgica situacional ( adrenalina fecha a artéria peniana e induz a flacidez). Geralmente são quadros súbitos, com um evento desencadeante. Ereções espontâneas e na masturbação estão presentes. Taquicardia e sudorese são comuns na hora do ato sexual.
Mistas: Fator orgânico leve inicial que induz a um quadro psicológico mais intenso.
Equipe técnica do Grupo de Andrologia e Sexualidade.
www.grupodeandrologia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.